HAMADRÍADE - lARA MONCAY REGINATO

Telefone/ WhatsApp: (54) 99154.1840
Email: laramoncay@gmail.com

COPYRIGHT 2019 HAMADRÍADE 

Buscar

Endometriose: causas e sintomas

Atualizado: 31 de Out de 2019



A endometriose é uma doença relacionada ao tecido endometrial, uma das camadas uterinas que se desenvolve durante o período fértil para receber o óvulo fecundado. Quando isto não acontece essa camada perde sua utilidade e é expelida pelo útero, gerando então a menstruação. A doença em si é provocada por células do endométrio que migram no sentido oposto e caem nos ovários ou na cavidade abdominal ao invés de serem expelidas. Estas células acabam desenvolvendo um tecido simular ao endométrio fora do útero, em regiões como bexiga, intestino, ovários e períneo, gerando um processo inflamatório. Também pode ocorrer casos mais graves em que o tecido se desenvolve em órgãos como o cérebro e até mesmo o pulmão. Assim, quando ocorre a menstruação, o endométrio é expulso do útero e o tecido extra, que de desenvolveu em outras partes do corpo, também inicia seu processo de sangramento, gerando dores e desconfortos que podem ser muito intensos dependendo do caso.


Muitos médicos afirmam que as causas da doença estão relacionadas ao estilo de vida moderno e a alimentação, mas há pouco consenso em relação a isto, sabe-se que o excesso de estrogênio e a produção de pouca testosterona pode ser um fator importante, assim como o alto consumo de carne e anormalidades no sistema imunológico. Ainda que não possa ser considerada uma doença genética, há casos em que a existência da doença na família, aumentam as chances das outras mulheres desenvolverem a doença.


Os sintomas variam de mulher para mulher, mas dentre eles podemos encontrar: cólica menstrual, alterações intestinais diversas no período da menstruação, infertilidade, dor contínua, mesmo fora do período menstrual, dores durante as relações sexuais em que ocorra penetração, aumento do tamanho dos ovários, cansaço excessivo e inchaço abdominal. O diagnóstico é realizado sempre por acompanhamento médico, a partir de diferentes exames e da observação do ciclo menstrual.


É preciso levar em consideração que a condição de saúde ou doença física é um reflexo de um conjunto de fatores como a qualidade dos pensamentos, emoções, alimentação, o meio em que vivemos e assim por diante. Toda e qualquer doença tem um padrão emocional por trás que acaba sendo o motor propulsor das diferentes doenças. No caso da endometriose existem padrões emocionais que se repetem e que podem estar na origem do desenvolvimento da doença. Analise as proposições abaixo e veja em quais você se encaixa.


- Mulheres que não conseguem dizer não: normalmente existe uma carência muito grande por trás desse padrão, pois essas mulheres acabam dando mais do que podem e esperam a partir dessa atitude, serem aceitas e amadas, assim como reconhecidas por toda a sua dedicação e entrega. São mulheres que acabam deixando de lado suas necessidades, seus sonhos e sentimentos em prol das necessidades e sonhos dos outros;

- Tecido que cresce fora do lugar certo: entendendo que a endometriose é o desenvolvimento de um tecido fora do seu lugar de origem é possível aferir que mulheres que desenvolvem essa doença podem não ter encontrado o seu lugar no mundo, ou não aceitam o lugar em que estão. Nem sempre é fácil se colocar como uma mulher em uma sociedade regida pelos preceitos masculinos de competição e comparação. O que normalmente encontramos é a masculinização da mulher e um progressivo afastamento de si mesma e de seus ciclos.

Outros fatores estão diretamente associados à alimentação e cada mulher é uma história diferente, pois reagimos de uma determinada maneira aos diferentes tipos de alimentos. Normalmente nossa alimentação é rica em produtos industrializados, derivados de leite, açúcares, processados e refinados ricos em glúten sem nenhuma fibra e que acabam gerando um estado de inflamação no corpo.


#endometriose #hamadriade #ginecologianatural #sagradofeminino

31 visualizações