Buscar

Ginecologia e Cosmetologia natural

Atualizado: 23 de Ago de 2019

Existe, atualmente, a necessidade de integrarmos conhecimentos e nos darmos conta do impacto de nossa existência, tanto para as outras pessoas quanto com a natureza, o planeta em que vivemos.

Vivemos o retorno a valores que jamais deveriam

ter sido esquecidos, mas que o foram por indução e coação, onde o sagrado feminino foi destituído do ato da criação. Perdemos muito, perdemos a noção da integralidade, do coletivo, da simbiose e correlação entre tudo que é vivo.

As indústrias assentadas na filosofia capitalista, do lucro pelo lucro, não levam em consideração o que realmente importa, a vida. Nos dão modelos prontos do que devemos ser, criando necessidades que jamais teríamos, induzindo à compra e ao consumo inconsciente.

Observando a fabricação industrial de cosméticos é possível perceber que a maioria dos produtos oferecidos servem apenas para disfarçar imperfeições, principalmente aquelas que surgem com o curso natural do tempo e de seus ciclos. Obviamente, o cuidar de si e o querer estar sempre bem, sentindo-se bonita e desejada, faz parte do feminino e deve ser tratado com o maior respeito e, é justamente por isso que as mulheres precisam estar atentas e verificar fórmulas que prometem muitos milagres instantâneos, porque em sua grande maioria há um excesso de materiais tóxicos e metais pesados que são nocivos à saúde da mulher, cujo o efeito maior será sentido anos depois.

A quantidade de toxina em cada produto pode parecer mínima, mas se somarmos tudo que utilizamos durante um dia, incluindo shampoo, condicionador, sabonete, maquiagem, creme hidratantes, filtro solar, etc. a quantidade é alarmante.

A pele é o maior órgão de nosso sistema, responsável por manter o equilíbrio, a temperatura do corpo e eliminar toxinas. Então reflita, a estimativa é que todo produto externo – que na maioria das vezes está cheio de corantes e conservantes – leva de 15 a 20 minutos para entrar na circulação sanguínea ativando o sistema de defesa.

O que isso significa? Aumento de radicais livres e estresse oxidativo que podem acarretar em doenças inflamatórias e crônicas. Lembrando que tudo que entra necessariamente tem de sair, estamos liberando todos os dias milhares de substâncias potencialmente tóxicas nos ambientes e mananciais hídricos.

A religião da Deusa - como é chamada por alguns grupos, ou o retorno ao Sagrado Feminino, trazem alternativas mais naturais e conscientes, comprometidas com a sobrevivência de todos os seres vivos. Encontramos no mundo virtual, com muita facilidade, receitas e manuais para confecção de cosméticos e produtos de higiene naturais. Podemos reduzir e muito o consumo desses produtos industrializados.

De igual modo, a Ginecologia Natural conduz às mulheres a um autoconhecimento, a olhar para si mesmas, sentindo seus ciclos, atenta aos movimentos internos e seus sinais, corrigindo desequilíbrios e equilibrando seus humores e potencialidades.

É muito importante para a saúde feminina manter a flora vaginal em equilíbrio, evitando assim, a proliferação de fungos e bactérias que causam grande desconforto, como candidíase, vaginose, herpes, dentre outras.

A ginecologia natural serve tanto para tratamentos preventivos como corretivos para doenças ginecológicas e sintomas dos ciclos, como cólicas, atrasos na menstruação, fluxo em excesso ou escasso, por exemplo.

Na grande maioria dos casos essas disfunções estão relacionadas ao excesso ou falta de calor ou de frio que podem ser corrigidos com a utilização do tratamento correto por meio de ervas, geoterapias e outras técnicas específicas da ginecologia natural.

Busque informações, não aceite utilizar produtos intoxicantes, é o seu corpo, sua casa nessa jornada, cuide-se com amor e respeito por quem você é.


#sagradofeminino #magialuminar #feminino #magia #lua #ciclolunar #ginecologianatural #hamadriade

0 visualização

HAMADRÍADE - lARA MONCAY REGINATO

Telefone/ WhatsApp: (54) 99154.1840
Email: laramoncay@gmail.com

COPYRIGHT 2019 HAMADRÍADE