Buscar

Ginecologia Natural e o Sagrado Feminino


Existe uma relação direta entre a Ginecologia Natural e o Sagrado Feminino. A primeira busca na natureza respostas para os males e problemas do feminino. Receitas antigas de nossas avós, das mulheres de poder do passado que eram curandeiras e conheciam profundamente as ervas, suas propriedades e magia. Tudo isso está relacionado ao retorno do Sagrado Feminino, às raízes desse sagrado que resistiram ao tempo em algumas religiosidades orientais e nos povos originais das Américas.

Portanto, o Sagrado Feminino começa por esse empoderamento da mulher sobre o seu corpo, criando uma autonomia sobre si mesma, aprendendo a interpretar, reconhecer e aceitar seus ciclos internos. Assim, a mulher se abre para a magia dos vegetais e vai se reconectando a natureza, entendendo as semelhanças entre os seus ciclos e os da natureza e dessa forma começa a desabrochar para sua própria magia interna e ancestral.

A Ginecologia Natural é com certeza o primeiro passo na reconexão e resgate do Sagrado Feminino, é o caminho da feiticeira e da curandeira, quando aprende a lidar com os elementos e começa a experimentar seu poder e conexão com tudo que existe.

Porém, é preciso entender que esta é apenas a primeira etapa do resgate e construção desse Sagrado Feminino. Este vai além, muito além, está diretamente relacionado a construção de uma magia muito mais profunda e transformadora, como a construção da mulher sacerdotisa e maga.

Quando uma mulher desperta em si a grande Mãe Kundalini e esta, guiada por um ato de vontade, comprometimento, disciplina e desenvolvimento, realiza a abertura dos chacras, os centros de poder existentes em nossos corpos etéricos, astral e mental, temos então um aprofundamento enorme no poder do feminino e essa mulher começa a ter acesso e a despertar poderes impensáveis.

Entendendo que existe uma grande diferença entre ativação e abertura dos chacras. A ativação está muito relacionada a primeira fase do despertar do Sagrado Feminino, quando a mulher se descobre curandeira e se torna uma feiticeira ao manipular as forças dos outros reinos, como o vegetal.

Quanto existe a abertura desse poder, a mulher ao se tornar uma sacerdotisa é capaz de movimentar todos esses elementos em si ou a partir de si mesma, e sua intenção e índole representará o passo seguinte se esta será uma maga ou uma bruxa.

O sagrado feminino é a chave do despertar do sagrado masculino. Quando o sistema patriarcalista retira das mulheres sua essência o masculino perde igualmente as chaves de seu poder. É preciso que se recupere o equilíbrio entre estes pares de opostos e que o sagrado feminino desperte para que possa sanar as doenças causadas por esse sistema, ao mesmo tempo em que cura e desperta o sagrado nos homens.


#sagradofeminino #magialuminar #feminino #magia #lua #ciclolunar #ginecologianatural #hamadriade

42 visualizações

HAMADRÍADE - lARA MONCAY REGINATO

Telefone/ WhatsApp: (54) 99154.1840
Email: laramoncay@gmail.com

COPYRIGHT 2019 HAMADRÍADE