Formação de Terapeutas em Sagrado Feminino e Ginecologia Natural (4).png

As Memórias e as Limpezas Uterinas


Dando continuidade ao nosso artigo anterior, no nosso útero além das marcas ancestrais também ficam registradas todas as trocas que realizamos com o mundo e com os outros. Essas marcas da vida presente incluem a maneira como nos relacionamos emocionalmente com todas as pessoas, sendo esta uma mistura das crenças culturais do presente, nossas vivências (que estarão sendo permeadas pelos padrões desenvolvidos) e do que trazemos de nossa ancestralidade.


Dependendo da história do outro(a), do número de relação que já teve e da qualidade das mesmas - entendendo que existe uma enorme diferença entre o sexo feito por uma função biológica e hormonal e o sexo que além destes, está nutrido pelo amor e parceria entre os amantes – existe um comprometimento energético e espiritual, ignorado pela maioria das pessoas, mas que marca profundamente o psiquismo e saúde tanto dos homens quanto das mulheres. Entendendo que Isso não significa que sexo é ruim, ou que se deva estar sempre super apaixonada, trata-se apenas de conhecimento e de consciência de que essas trocas existem, são reais e dependendo do parceiro ou parceira, essas energias podem ser tóxicas ou libertadoras e que ficam registradas em nosso útero.


Além disso, podemos considerar que tudo que existe no mundo vem da troca e da energia sexual, entendendo que o sexo é uma das energias sexuais e não a única. A criatividade, por exemplo, é uma forma de energia sexual. Os fogos internos, a paixão (de uma forma ampla, além das questões amorosas), o desejo e a capacidade de construir a conexão com nosso espírito também vem dessa mesma fonte.


Nesse sentido, as limpezas uterinas servem para liberar miasmas, marcas energéticas negativas de relações sexuais e até mesmo de abusos emocionais ou físicos. Obviamente uma ferida aberta por estupro, sevícia ou qualquer tipo de abuso não são retiradas da mente, a memória dos acontecimentos sempre irão existir, mas a carga energética, a densidade dessas sensações/emoções sim, podem ser amenizadas e anuladas pelas limpezas uterinas. Servem também para liberar a energia criativa e conexão com nossas realidades maiores e para cada situação existe uma erva específica e um tipo de técnica que pode ser empregada.


Além do que fora exposto, há limpezas que se encarregam de realizar um corte das energias vampirescas, tanto de um lado quando de outro, ou seja, nos ajudam a superar e cortar os laços energéticos de sugação de energia, tanto de nós com relação aos outros e dos outros com relação a nós, pois trocamos de papéis o tempo todo, dependendo do tipo de relação e do que estamos enfrentando a cada momento. O corte dessa energia se dá no nível das relações familiares de toda natureza, relações entre amigos e também sexuais. Também é necessário enfatizar que toda relação sexual significa uma troca de fluídos e líquidos essenciais e muito poderosos, pois sempre se leva algo e deixa-se algo no parceiro ou parceira. Segue abaixo, alguns dos objetivos e resultados esperados com a limpeza uterina no que se relaciona às questões energéticas e emocionais, assim como às questões mais fisiológicas e tópicas.


Objetivos e resultados da limpeza uterina nas questões energéticas:


- Limpar as memórias ancestrais que sejam negativas, vinculadas às perseguições, torturas, dores, anulações e subjugação das mulheres que formam a linhagem maternal;

- Limpar miasmas e marcas energéticas de relações sexuais densas ou abusivas, tanto fisicamente quanto emocionalmente;

- Eliminar os padrões de pensamento e comportamento limitantes;

- Melhorar a autoestima e o reconhecimento da própria feminilidade, reconectando as mulheres ao seu íntimo;

- Liberar as potencialidades conhecidas ou não, para que possam vir à luz da consciência e se manifestem no mundo físico;

- Curar a linhagem ancestral e futura a partir da autocura;

- Reconectar o sagrado feminino e as memórias de uma ancestralidade sagrada, empoderada e ativa;

- Trazer à consciência os conhecimentos das nossas antepassadas de poder, como as curandeiras, parteiras e rezadeiras.


As limpezas uterinas podem ser feitas pela introdução de determinadas ervas no canal vaginal, vaporizações uterinas, uso de Yoni Eggs, dentre outras. O ideal é buscar uma terapeuta em Ginecologia Natural que possa direcionar seu tratamento de forma mais assertiva e equilibrada, para que não haja catarses desnecessárias e que você possa acompanhar seu processo com consciência, despertando para o autodesenvolvimento e assumindo as rédeas de sua vida.


Toda e qualquer medicina é sempre uma ferramenta, o que cura é a consciência, a presença no aqui e agora, a vontade e a disciplina daquelas que desejam tomar posse de si mesmas e de suas vidas.


O útero é mágico, sagrado e poderoso. Um órgão cuja função é gestar vida, em todos os aspectos da vida de uma mulher. Mesmo àquelas que passaram por um processo de histerectomia, continuam mantendo esse poder, pois existe uma cópia energética desse órgão, que mantem todas as suas funções e memórias.

.

Gostou do artigo?

Compartilha com aquela amiga que precisa saber disso!

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Lara Moncay Reginato

Lara.jpg

Sou terapeuta em Ginecologia Natural, Sagrado Feminino, Medicina Ancestral e Fitoterapeuta. Também sou Guardiã de Círculo de Mulheres, Womb Keeper registrada, astróloga e taróloga. Idealizadora e facilitadora da Hamadríade. Ajudo mulheres a desenvolverem suas potencialidades e formo terapeutas em Sagrado Feminino, Ginecologia Natural e Medicina Ancestral. 

1.png
2.png