Formação de Terapeutas em Sagrado Feminino e Ginecologia Natural (4).png

Medicinas indicadas para Pré-menopausa e Menopausa


Antes de entrar definitivamente na menopausa, a mulher passa pelo período da pré-menopausa, quando o corpo se prepara para a redução hormonal e a aceitação emocional de um novo ciclo. Algumas estudiosas sobre os ciclos femininos, chamam esse momento de Lua Roxa, quando o corpo se prepara para parir uma nova mulher, uma nova fase do ciclo.


Os sintomas, como erroneamente são tratados,fazem parte desse processo e são muito atenuados quando a mulher compreende os sinais de seu corpo - de que está se preparando para uma fase, tão especial e significativa, quanto todas as demais fases.


Quando os sintomas de pré-menopausa começam antes dos 45 anos é chamada de menopausa precoce. Isso pode ocorrer de forma natural ou ser uma disfunção do ciclo, um tipo de amenorreia secundária, sendo necessário observar se a queda hormonal se deu por algum problema hormonal ou se é da natureza da mulher.


O tratamento segue o mesmo protocolo da amenorreia, porém, como podem ocorrer outras sensações como perda da libido, fogachos, perda de cálcio, insônia, suores noturnos, ressecamento vaginal ou dores durante o ato sexual, outras formas de tratamento são necessárias, de acordo com que cada mulher está apresentando no momento.


Alimentação indicada:


Consumir soja orgânica de boa qualidade. Integrar alimentos ricos em vitaminas A, E, B e F; assim como minerais cálcio, ferro, magnésio e fósforo. Incluir maca peruana na dieta, pois é um regulador hormonal natural estimulando a glândula pituitária. É consumida como suplemento alimentar, podendo ser incluída em sucos, sopas, vitaminas e etc. Também pode ser consumida em cápsula que devem ser ingeridas de 3 a 5 vezes por dia, de acordo com a necessidade e acompanhamento. O tratamento com a maca não é recomendado para mulheres que estão fazendo tratamento com hormônios sintéticos. Consumir vitamina E, que ajuda a diminuir a perda de estrogênio e a manter a elasticidade da vagina. É encontrada em nozes, amêndoas, cereais integrais e etc.


Alimentos que se deve evitar, considerados ladrões de cálcio são:

  • cafeína, cigarro, farinhas refinadas e açúcar refinado.


Ervas e alimentos que são fitoestrógenos:

  • Leguminosas: grãos de soja, ervilhas, feijão carioca e de lima

  • Frutas: cranberry (oxicoco), ameixas e damascos

  • Ervas: orégano, sálvia, alcaçuz, acteia, Trevo vermelho (Red Clover) e feno grego

  • Grãos integrais

  • Semente de linho

  • Verduras: brócolis e couve-flor.


Para os Calorões - Fogachos:

  • Evitar comidas apimentadas e cafeína. Comer alimentos ricos em magnésio como espinafre, banana, amêndoas, avelã, sementes de abóbora, alcachofra e aveia.



Medicinas que ajudam com os sintomas da pré-menopausa:


Chás:


Erva de São Cristóvão (Actaes sp) : beber a infusão do chá. Até 2 xícaras por dia.

Também pode ser encontrada em cápsulas


Sálvia (Salvia officinalis): beber a infusão do chá. Beber a noite antes de dormir, ajuda a diminuir os calores noturnos e a ter um bom sono.


Prevenção de osteoporose - Perda de Cálcio

Integrar na alimentação frutas secas e sementes, como girassol, sésamo, amêndoas, avelãs, pistache, figos secos e etc. Consumir frutas cítricas, como mexerica, limão, lima, toranja, laranja e etc. Estas contêm vitamina C e cálcio. Incorporar também algumas verduras que contêm cálcio como, cenouras, alcachofras, aipo, couve-flor, cebola e etc.


Para aliviar o estresse e o sistema nervoso:


Melissa (Melissa officinalis) : beber infusão do chá. 2 xícaras por dia.

Comer verduras à noite, principalmente alface, que contém muito magnésio e favorece o sono.


Erva de São João (Hypericum perforatum) : beber a infusão do chá. 3 xícaras por dia.



Vaporizações para baixa libido:


Damiana (Turnera ulmifolia L) com 1 gota de óleo essencial de Ylang Ylang



Vaporização para regularizar os hormônios e ressecamento vaginal:


Sálvia (Salvia officinalis), Folha de Amora (Morus alba) e Agripalma (Leonurus cardiaca).



Essas indicações de ervas são para uso geral, mas devemos ressaltar que cada mulher é uma única realidade e reage às mudanças hormonais de forma diferente, então o acompanhamento de uma terapeuta em Ginecologia Natural pode ser o mais indicado para que a mulher receba um tratamento mais adequado a sua própria realidade. Em todos os casos, essas medicinas ajudam a amenizar os principais desconfortos dessa transformação natural do feminino.

.

Gostou do artigo?

Compartilha com aquela amiga que precisa saber disso!

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Lara Moncay Reginato

Lara.jpg

Sou terapeuta em Ginecologia Natural, Sagrado Feminino, Medicina Ancestral e Fitoterapeuta. Também sou Guardiã de Círculo de Mulheres, Womb Keeper registrada, astróloga e taróloga. Idealizadora e facilitadora da Hamadríade. Ajudo mulheres a desenvolverem suas potencialidades e formo terapeutas em Sagrado Feminino, Ginecologia Natural e Medicina Ancestral. 

1.png
2.png