Buscar

Arquétipo da Mãe - Lua cheia - Ovulação


Este arquétipo representa as energias de estabilidade, completude e plenitude. Está relacionada a Lua Cheia e para as mulheres que possuem seus ciclos menstruais livres, em uso de contraceptivos, representa a fase da ovulação. É a parte mais Yang da energia da deusa cujo elemento é o fogo e a estação o verão. Para as mulheres na menopausa, histerectomizadas ou que fazem uso de contraceptivos inibidores da menstruação essa é energia é sentida na Lua Cheia externa.


Nesta fase muitos sentimentos guardados veem a luz e sentimentos uma alteração em nossas energias. A Lua rege nosso corpo emocional e tudo que diz respeito aos nossos sentimentos, então nessa fase, quando existe uma desconexão entre a mente racional e os sentimentos essa problemática torna-se visível. Muitas mulheres sentem profundamente as energias deste arquétipo.


Esta é uma fase de reconhecimento das nossas emoções, quando podemos nos amar e a tudo que existe. A Mãe tem suas raízes ancoradas profundamente na terra, dando a força e sustentação necessárias para abrirmos nossos corações e reconhecermos essa energia de amorosidade e de acolhimento. Existe, ou ao menos deveria existir, uma profunda conexão entre as energias de nosso útero e nosso coração. Na fase anterior, da donzela, a conexão existente era entre o útero e a mente, quando nossa mente racional está mais clara, produtiva e a cheia de novas ideias e projetos. Já na fase da Mãe, as energias estão ancoradas em nosso coração, retirando o foco do intelecto na direção de um fluxo emocional mais profundo, quando podemos experimentar a empatia, a compaixão e a compreensão de nós mesmas e do mundo ao nosso redor.


Muitas mulheres se identificam com essa fase devido a todos os sentimentos que traz. Porém, existe o risco de nos identificarmos demais com esse arquétipo a imagem da mulher ideal propagada pelo patriarcalismo, a boa mãe e esposa, doadora e sempre pronta para acolher a tudo e todos. Quando isso acontece uma parte muito importante da natureza cíclica da mulher é negligenciada e podemos a possibilidade de nos desenvolver como seres plenos.


Por outro lado, quando não estamos vibrando em ressonância com esse arquétipo, podemos nos sentir sozinhas e menos qualificadas para estabelecermos relações emocionais saudáveis, pois n]ao conseguimos sentir e vibrar na generosidade ancorada em nossos corações.


Uma relação conflituosa com a mãe biológica pode gerar uma imagem negativa e até mesmo distorcida deste arquétipo, tornando essas mulheres relutantes em acolher essas energias em si mesmas.

A criatividade desse arquétipo está relacionado a múltiplas formas de manifestação que podem ter origem em atividades manuais e nas energias de nosso coração e útero. Isto nos permite criar conexões com as outras pessoas por meio da autocompreensão de nossos sentimentos, para assim nos comunicarmos de forma mais amável gerando abundância e crescimento por meio do cuidado e do acolhimento.


Esta também é uma fase de forte conexão com a natureza e com os prazeres sensuais. está ligada a simplicidade. Entendendo que esse é o período da ovulação, quando todo nosso corpo se preparar para gerar e acolher uma nova vida. Essa vida tanto é física, o nascimento de uma pessoa, quanto projetos e sonhos, tudo que se gesta e se entrega ao mundo como forma de amor e compartilhamento. Neste sentido, a sexualidade e sensualidade das mulheres está alta, passional e amorosa, mas quando as energias deste arquétipo estão em desequilíbrio perdemos a oportunidade de nos relacionarmos com nossos parceiros em profunda amorosidade.


Acolhendo as energias da Mãe.


Quando aceitamos as energias desse arquétipo de forma equilibrada conseguimos vivenciar uma fase de afetividade amorosa e física, na qual podemos criar abundância por meio de uma atitude mais cuidadosa e agregadora. Para tanto, precisamos acolher nossos sentimentos, tomando consciência do que sentimos e sendo verdadeira conosco e com aqueles que nos cercam. Também é interessante utilizar as energias de nutrição e cuidado para dar energia e forma aos nossos projetos e sonhos. Aceitando a nossa natureza cíclica colocamos no mundo nosso poder de realização. Assim, nesta fase, podemos descobrir nossa calma e paz internas que vem da autoaceitação, do conhecimento de si e empoderamento de seu corpo, mente e espírito.


Para saber mais sobre esse arquétipo e suas energias veja o vídeo abaixo.


Arquétipo da Mãe - Lua Cheia - Ovulação: https://youtu.be/OYdORT0zGWs


Também temos duas meditações guiadas para a Lua Cheia, confira em nosso canal do youtube e se inscreva para ficar por dentro de todas as novidades.


Meditação Arquétipo da Mãe - Lua Cheia - Ovulação: https://youtu.be/Bj6A1bCK1fk


#hamadriade #sagradofeminino #magialuminar #arquétipodamãe #ovulação #Luacheia #mulhercíclica

#magiadamulher #ciclosdofeminino #faseslunares #cicloslunares

0 visualização

HAMADRÍADE - lARA MONCAY REGINATO

Telefone/ WhatsApp: (54) 99154.1840
Email: laramoncay@gmail.com

COPYRIGHT 2019 HAMADRÍADE