Buscar

Trabalhando com o Arquétipo da Feiticeira - Lua Minguante


O arquétipo da Feiticeira é a própria energia de mudança, quando deixamos ir (ou assim deveríamos) o que já não nos serve mais. É a essência de nossa natureza selvagem e da elevação da consciência espiritual.


Está relacionada a Lua Minguante, seu elemento é a água e sua estação o outono. Nesta fase estamos mais abertas ao nosso subconsciente. Quando a Feiticeira nos conduz para além do pensamento cotidiano, para o mundo mágico e criativo do subconsciente, e as energias uterinas permanecem centralizadas.


Para as mulheres que menstruam a fase da Lua externa pode não coincidir com a fase da Lua interna. A fase onde esse arquétipo estará sendo vivenciada pelas mulheres que menstruam livremente, sem a utilização de métodos alopáticos como os anticoncepcionais, é a fase pré-menstrual, onde o desequilíbrio dessas energias conduz à famosa TPM. Para essas mulheres essa pode ser a fase mais difícil de seu ciclo, pois estão tentando se encaixar em um mundo que não reconhece ou não leva em consideração as necessidades cíclicas de sua natureza interna. Quando a mulher se sente alterada, exigente, com temperamento instável alternando entre extrema sensibilidade e irritabilidade, esse comportamento demonstra que não está livre ou conectada consigo mesma e com as energias de sua Feiticeira. Muitas vezes possuem dificuldade de descansar, de se dar o tempo necessário que essa fase requer, sentindo-se ameaçada ou assustada por ignorar quem ela é e os poderes espirituais e criativos que ela representa.


Para as mulheres que estão na menopausa, ou passaram por um processo de histerectomia, ou simplesmente não menstruam por uso de contraceptivos bloqueadores de seu ciclo, as energias da Feiticeira acompanham a fase da Lua externa e essas mulheres podem se sentir mais emotivas e suscetíveis à força de seus subconscientes durante a sua fase minguante. Muitas vezes é difícil controlar as reações emocionais nesse período da Feiticeira, pois suas energias vem do subconsciente sem o nosso consciente possa realizar um filtro. Para as mulheres cuja infância foi marcada por falta de amor, validação e aceitação, seu subconsciente usa essa fase para expressar a sua necessidade de amor próprio e autoaceitação.


Para equilibrarmos e reconhecermos as energias da feiticeira é preciso aceitar as mudanças de nossas fases, nos nutrindo melhor, descansando, ouvindo as necessidades de nosso corpo e buscando nos expressar de forma mais criativa e espiritual. Quando reprimimos essas energias o resultado pode ser frustração e uma enorme sensação de vazio interior e falta de propósito na vida, de poder e valor. Já, ao contrário, quando expressamos e nutrimos as energias da Feiticeira um crescente amor próprio toma conta de nossas mentes e nos sentimos prontas e empoderadas para encarar qualquer mudança que precise ser realizada.



Quando aceitamos essas energias, as reconhecendo e integrando-as ao nosso cotidiano sentimos a sua presença no turbilhão de energia criativas e de energia sexual que ela traz, além de um aprofundamento em nossa intuição e conexão espiritual.


Como acolher a Feiticeira em nós


Ela vai exigir tempo e espaço, existe uma necessidade de nos desligarmos dos desejos e necessidades do nosso dia a dia, e de nos conectarmos aos aspectos mais profundos e espirituais de nós mesmas.

É interessantes criarmos pequenos rituais diários ou juntar os elementos mágicos e cotidianos, pois a magia mais poderosa é aquela que fazemos todos os dias sem nos darmos conta disso.


Ao preparar uma alimentação para si mesma ou seus entes queridos adicione intenção de cura, de bem estar, de nutrição de aspectos maiores que o físico, como uma boa saúde, energia extras, etc. Ao ir para o trabalho observe as pessoas e a vida que tem ao seu redor, agradeça por isso e, o mais importante, se dê tempo e recolhimento para estar com você mesma, faça uma meditação, relaxe, se conecte com seu útero e se abra as expressões criativas, sinta seus desejos e dê vida a eles. Pode ser que você queira pintar, escrever, dançar ou apenas dormir e recompor suas energias.


Fique atenta à seus sonhos noturnos, eles podem ser a forma como a sua Feiticeira se comunica com você. Registre tudo em um caderno especial, você vai se surpreender com as respostas que terás. Quando você liberta e interage com as energias e poderes intuitivos da Feiticeira você liberta sua criatividade para o mundo.


Para ajudar nessa fase estamos disponibilizando além de um vídeo que fala sobre o Arquétipo da Feiticeira uma meditação guiada para trabalharmos esse aspecto. Essa meditação pode ser realizada na Lua Minguante externa ou na fase pré-menstrual, independentemente da fase em que a Lua externa estiver.


Entra lá no nosso canal do YouTube e confere: https://bit.ly/36JRrRi

0 visualização

HAMADRÍADE - lARA MONCAY REGINATO

Telefone/ WhatsApp: (54) 99154.1840
Email: laramoncay@gmail.com

COPYRIGHT 2019 HAMADRÍADE